Quinta-feira, julho 25

Da primeira à última geração

Hoje, os videogames representam uma indústria global de $100 bilhões, com quase dois terços dos lares americanos tendo membros que jogam videogames regularmente.

Tal popularidade é justificada principalmente porque os videogames existem há décadas e abrangem uma variedade de plataformas. De sistemas de fliperama a consoles domésticos, laptops e dispositivos móveis. A evolução não para.

À medida que novas tecnologias são incorporadas a outros equipamentos, o mesmo movimento ocorre com a evolução dos jogos eletrônicos em sites de cassino online, como o bônus 22Bet login, que oferece aos usuários novas possibilidades e recursos. Tudo isso melhora a experiência de jogo.

A diversidade da coleção é outro destaque. Na indústria do entretenimento, por exemplo, muitos filmes são transformados em jogos ou vice-versa.

Neste artigo mostramos como tem sido a evolução dos jogos eletrônicos, sendo facilitada principalmente pelas novas tecnologias.

Você quer saber mais? Continue lendo o artigo!

A evolução dos jogos eletrônicos: marcos e principais avanços

Embora os videogames sejam encontrados em residências em todo o mundo hoje, eles realmente nasceram nos laboratórios de pesquisa dos cientistas.

Das salas de aula da faculdade para a palma da sua mão: o avanço dos jogos tem sido impressionante desde o lançamento do primeiro jogo comercial.

A seguir, apresentamos as diferentes etapas da evolução dos videogames. Verifique!

Evolução dos videogames nas décadas de 40, 50 e 60

Em 1940, na Feira Mundial de Nova York, mais de 50.000 pessoas jogaram um jogo de matemática contra o computador, ganhando quase 90% das vezes.

Anos depois, em 1952, o professor britânico A.S. Douglas criou o OXO, também conhecido como jogo da velha ou jogo da velha, como parte de sua tese de doutorado na Universidade de Cambridge. Um pouco mais tarde, em 1958, William Higinbotham criou o Tennis for Two em um grande computador analógico e tela de osciloscópio anexado ao Brookhaven National Laboratory em Upton, Nova York.

Com uma interface simples, na linha do tempo da evolução dos jogos eletrônicos, este foi o primeiro comercializado.

Em 1962, Steve Russell, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, criou o Spacewar!, um videogame de combate espacial baseado em computador para o PDP-1 (Programmed Data Processor-1), um computador de última geração encontrado principalmente nas universidades da época. . Portanto, Spacewar! foi o primeiro videogame que pode ser jogado em várias instalações de computação.

Em 1967, finalmente, foi criado o primeiro jogo eletrônico para ser usado em casa, que se assemelha ao videogame que conhecemos hoje. A Brown Box apresentava até seis jogos diferentes e foi amplamente aceita entre 1972 e 1975 – 300.000 jogos foram vendidos.

Os anos 80: a evolução dos videogames e da comunidade de jogos

O lançamento de revistas como Computer and Video Games (1981) e Computer Gaming World (1981) foi um marco importante que levou à formação da primeira comunidade de jogos. Graças às postagens, os usuários tinham uma comunidade e podiam trocar informações sobre os jogadores.

Da mesma forma, outro marco dos anos 80 foi o lançamento da Nintendo no Japão. Em 1983, a marca lançou o console Family Computer, abreviado como Famicom. Mais tarde, o produto ficou conhecido como Nintendo Entertainment System, o famoso NES no resto do mundo.

Ainda no final dos anos 1980 e início dos anos 1990, o lançamento de outros consoles teve destaque, incluindo o Super Nintendo, Sega Mega Drive e Game Boy.

Evolução dos videogames nos anos 90: a internet muda tudo

Os anos 90 são marcados pela quinta geração de consoles. Existem vários lançamentos notáveis: Nintendo 64 (1996), Sony Playstation (1994) e Sega Saturn (1994). Além disso, os jogos 3D também começaram a se desenvolver durante esse período. Ao mesmo tempo, os discos compactos (CDs) começam a ser usados ​​em maior escala.

Nesse período, a Internet tornou- se mais popular, tendo sido a grande responsável pela mudança de comportamento e estilo de vida das pessoas em todo o mundo.

O lançamento do Windows ’95 trouxe uma nova possibilidade de conexão: o acesso à Internet ficou mais barato, pois o sistema já possuía uma placa Ethernet necessária para se conectar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *